Institucional

Sobre a Unimed

História

26/01/2018 17:09 | Última Atualização: 19/04/2018 09:46

O que é uma Cooperativa

Para entender sobre a cooperativa médica Unimed, é preciso falar um pouco sobre o conceito e os princípios do cooperativismo.

Cooperar significa somar esforço e trabalho para atingir um mesmo fim. A cooperação é uma prática ancestral da humanidade em prol de sua própria sobrevivência ou de uma comunidade, uma civilização, um país ou, ainda, de uma classe social ou profissional.

Segundo antropólogos e historiadores, a formação de grupos – os quais não teriam sobrevivido sem o sentido de cooperação - visava proteger interesses econômicos e garantir a subsistência dos núcleos sociais. Relatos e documentos de indicam práticas rudimentares de cooperativismo, geralmente relacionadas com a vida comunitária.

E para compreender melhor é preciso voltar no momento em que nossos ancestrais passaram a usar mais o raciocínio isto é, saíram do processo instintivo para o racional. Esta mudança foi despertada pelos processos de caça. Os caçadores, sempre em busca de alimento para a comunidade, se uniam para que todos tivessem proventos para suas famílias e tribos, formou-se assim a mais primitiva forma de cooperativismo.

“ Homens primitivos já praticavam o cooperativismo, porém não se dava esse nome e suas diretrizes não eram formatadas.”

O cooperativismo acompanhou a evolução do homem e atravessou séculos e séculos passando por suas diversas modalidades sem uma estrutura formatada. Na atualidade o cooperativismo é alicerçado nos princípios elaborados pelos Probos Pioneiros de Rochdale, reconhecida como a primeira cooperativa moderna que foi criada em 1844 por 28 operários - 27 homens e 1 mulher, em sua maioria tecelões, no bairro de Rochdale-Manchester, na Inglaterra.

Desde então o cooperativismo tem se estruturado e modernizado e se consolida cada vez mais num sistema de sucesso aplicável de vários tipos de atividades.

“Alguns dos pioneiros de Rochdale, precursores do cooperativismo moderno".

A História da Cooperativa Médica Unimed

1967
Um grupo de médicos filiados ao Sindicato dos Médicos de Santos (SP), insatisfeito com a crescente mercantilização do setor de saúde, buscou um modelo que resgatasse a ética e o papel social da medicina, garantindo a prática liberal da profissão e a qualidade do atendimento. Edmundo Castilho e mais 22 médicos fundam, então, em 18 de dezembro de 1967, a União dos Médicos - Unimed, na cidade de Santos (SP), com base nos princípios do cooperativismo.

O conceito era complementar o trabalho do hoje extinto INPS. Além da cidade santista, Cubatão, Guarujá, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande e São Vicente estavam entre os municípios que constituíam a base da ação da cooperativa, que depois passou a se chamar Unimed Santos.
A história da Unimed em todo o Brasil se revela na paixão pela medicina e por facilitar o acesso à saúde pelos cidadãos. A Unimed foca sua ação no resgate da ética, da justiça social e da humanização da saúde.

“A primeira cooperativa de trabalho brasileira - e também das Américas - foi fundada em Santos/SP, em 1967:  A União dos Médicos-Unimed, formada a partir da iniciativa desses profissionais da saúde liderados pelo Dr. Edmundo Castilho, o segundo da direita para a esquerda, em registro da inauguração”

Unimed Salto/Itu - 30 anos promovendo saúde na região

1988
Em 10 de março de 1988, 27 médicos, com o esforço especialmente do Dr. José Carlos Servilha, se uniram em torno de um objetivo: fundar uma instituição que viesse melhorar a qualidade de atendimento médico na região de Salto e Itu. E é justamente isso que a Cooperativa Médica Unimed Salto/Itu promove desde então: saúde.

“Dr. José Carlos Servilha, ícone da fundação da Unimed Salto/ Itu".

Diversas conquistas ao longo dessas duas décadas e meia garantiram à instituição uma posição de destaque entre as cooperativas Unimed de todo o país. Em pouco tempo, e com recursos próprios, a instituição efetivou importantes realizações, como a construção da unidade de pronto-atendimento de Itu, em 1992; a inauguração do pronto-atendimento de Salto do hospital, em 1995 - um dos primeiros hospitais Unimed no Brasil; a ampliação da Unilab, em 2002; a inauguração da Unimed Ativa, voltada à melhoria da qualidade de vida dos clientes, em 2003; a criação da Farmácia exclusiva dos clientes Unimed e do Centro de Diagnóstico, em 2007; a inauguração da Unidade Central de Itu, em 2010; entre muitas outras concretizações voltadas à ampliação e modernização dos serviços oferecidos que ocorreram nos últimos anos.

“Hospital da Unimed Salto/Itu inaugurado em 1995, foi um dos primeiros hospitais do sistema em todo Brasil”.

A Unimed Salto/Itu cresceu muito. Na atualidade, são mais de 200 os médicos cooperados e em torno de 600 colaboradores, número considerável na geração de empregos. Porém, o mais importante é que a instituição atualmente leva atendimento de qualidade a cerca de 55 mil pessoas de toda a região. Número que representa mais de 20% da população entre as cidades de Salto e de Itu. Gente que tem à sua disposição não apenas uma ampla e moderna infra-estrutura hospitalar, mas que também tem acesso às múltiplas atividades voltadas à prevenção, à qualidade de vida e à responsabilidade social promovidas pela instituição.